Manicure a domicílio: dicas para ter renda extra

Article by ·

Se você é manicure e está procurando uma alternativa para aumentar a renda, não pode deixar de considerar o atendimento a domicílio. Muitas profissionais da área vêm embarcando nesse tipo de serviço mais personalizado, no qual o atendimento é feito na casa da própria cliente.

E o que muita gente não sabe é que esse serviço costuma trazer bons retornos financeiros, pois permite que o profissional aumente consideravelmente o lucro mensal – basta que o planejamento seja feito da forma certa! Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a manicure Deuza Santos, que trabalha em um salão no Rio de Janeiro e também atende clientes a domicílio. Confira e aprenda as vantagens desse tipo de serviço!

Atendendo a domicílio a manicure consegue lucrar com o valor total do serviço

A grande vantagem do atendimento a domicílio é que o lucro vai todo para a manicure – sem que haja o intermédio do salão, que costuma cobrar uma taxa grande em cima do serviço. Mesmo assim, Deuza destaca a importância de ter um emprego fixo. “Eu acho que é necessário a pessoa ter um emprego garantido (como é o meu caso no salão em que trabalho) e, ao mesmo tempo, atender clientes por fora para complementar a renda”, conta a manicure.

“A melhor parte de atender na casa das clientes é que, nesse caso, eu mesma defino os preços e sou paga diretamente em dinheiro, no mesmo dia do serviço. Isso é importante para eu pagar algumas contas e conseguir ter um bom lucro a mais todo mês”, complementa a profissional.

Faça um planejamento dos gastos com materiais e procure atender clientes que moram perto do local em que trabalha

O primeiro passo para atender a domicílio é precificar o atendimento, levando em conta gastos com materiais e transporte. No geral, os itens que não podem faltar num kit manicure são: esmaltes (incluindo bases e top coats), algodão, acetona, lixa, palito, alicate e creme hidratante. Quanto mais diverso e completo for o seu kit, mais atraente será para as clientes. Mesmo assim, lembre-se de anotar bem os gastos para ter o total controle do serviço e, assim, conseguir precificar tudo de forma justa. Tenha em mente que o atendimento a domicílio, por ser personalizado, costuma – e deve ser – mais caro do que o preço do mesmo serviço no salão.

Além de investir em materiais de qualidade, também é importante fazer um planejamento com relação aos gastos com transporte. Neste quesito, Deuza dá uma dica de ouro: “Uma boa dica é procurar por clientes perto do local do seu trabalho. É fácil, porque no dia a dia você costuma fazer contato com pessoas que já são daquela área. A maioria das minhas clientes, por exemplo, mora muito perto do salão em que eu trabalho. Então, eu consigo ir a pé para a casa de três delas, por exemplo, e acabo não tendo nenhum gasto com transporte”, finaliza.

Aplicativos de salão delivery ajudam a conseguir clientes

Para quem ainda não tem (ou deseja ampliar) a clientela, uma boa dica é procurar por aplicativos de salão delivery. O Singu, por exemplo, é um app que funciona no Rio de Janeiro e em São Paulo. Para atuar como profissional, você precisa se inscrever, passar por uma entrevista e ser aprovado para entrar. Mas, após passar por essas etapas, o serviço fica bem simples! Usando o aplicativo, você vai receber solicitações de clientes para atendimento a domicílio.

Vale destacar que os serviços prestados por esses apps são, geralmente, de tratamento de unhas, cabelos, depilação e até mesmo massagens. Além do Singu, existem outros apps, como o TokBeauty  e o EasyLook. Então, se você está buscando uma alternativa para conhecer clientes – e se lançar nesse meio de atendimento a domicílio – esse pode ser um bom começo!

CONTRATE UM PLANO NEXTEL MEI!